Alimentos e prazer


Cientistas descobriram que os alimentos ricos em gordura agem na mesma região cerebral activada por estímulos prazerosos, como um carinho ou a inalação de um perfume: o córtex cingulado. Efeito semelhante acontece quando se consomem doces.

A explicação mais razoável para justificar o fato de a gordura causar prazer é a de que o cérebro desenvolveu mecanismos para aumentar o consumo de comidas calóricas. Isso porque, na pré-história, caloria era sinónimo de sobrevivência (e, do ponto de vista cerebral, continua sendo). A descoberta pode ajudar a entender ainda por que algumas pessoas sentem uma necessidade maior de consumir comida gordurosa do que outras. Nelas, o córtex cingulado seria mais activado pela gordura.


Zona de prazer

O consumo de alimentos doces e gordurosos estimula a região do cérebro conhecida como córtex cingulado. Ela também é activada pelos seguintes estímulos prazerosos:
- Recebimento de prémios
- Consumo de drogas como cocaína e heroina
- Cheiros agradáveis
- Carinho físico

Desenvolvido por INTERACTIVE.com - info@interactive.com
info@psico-online.net
2001Todos os direitos reservados