Autocuidado

O amor por si mesmo

 


O autocuidado é um dever essencial na vida humana. Cuidar de si mesmo é uma habilidade fundamental para uma boa saúde psicológica e emocional. Um dos investimentos mais importantes que podemos fazer é em nós mesmos, nas nossas necessidades e bem-estar. No entanto, é o lado mais esquecido e desvalorizado do viver. É imprescindível saber como cuidar de si para estar disponível para cuidar dos outros. Se não nos cuidamos corretamente, não podemos dedicar-nos aos outros de forma íntegra e completa. Inclusive, podemos até esquecer-nos de como fazê-lo.


Priorize-se 


Embora, amigos, relacionamentos amorosos, trabalho sejam extremamente importantes na vida, é preciso espaço para algum prazer pessoal, dedicado ao corpo e à mente.


Reservar tempo para cuidar de si mesmo não significa ser egoísta. Significa dar prioridade ao bem-estar, melhorar a qualidade de vida e lidar melhor com as relações sociais, familiares e laborais. Aprender a conhecer as próprias necessidades faz-nos sentir mais livres, contribui para aproveitarmos as oportunidades que nos fazem sentir melhor e mais poderosos.


O autocuidado envolve todas as atividades que regularmente escolhemos para fazer e que ajudam a manter ou a melhorar o bem-estar e a saúde física e psicológica.


O autocuidado aumenta a eficiência e a energia, a confiança e a autoestima. Previne e diminui o stress, a ansiedade e ajuda-nos a tomar decisões saudáveis, a ultrapassar adversidades e momentos difíceis. Torna-nos mais resilientes e menos vulneráveis.

15 dicas para adotar

Recomece por si
O ponto principal para cuidar de si é recomeçar a ter-se em consideração e colocar-se em primeiro plano, o que não significa tornar-se egocêntrico e egoísta. Trata-se simplesmente de ordenar as prioridades da vida.


Ame-se
Amar-se é entender o que lhe faz bem, respeitar-se a si mesmo e aos outros, mudando o seu ponto de vista. Perceber quais são os elementos tóxicos da nossa vida e tentar eliminá-los; perceber quais são os processos positivos e tentar cultivá-los.


Reserve momentos para si
É fundamental priorizarmos as necessidades e encontrar um tempo para nós, bem como aprender a dizer não, quando necessário.


Cuide do seu corpo
Hipócrates já dizia “mens sana in corpore sano”, (uma mente sã, num corpo são). Cuidar do corpo é uma parte importante para cuidar de si mesmo. Devemos tratar bem o nosso corpo, procurando ter uma alimentação balanceada, evitar abusos, fazer exercícios e alegrar-se.


Ouça-se
Cuidar de si também significa ouvir os próprios desejos, necessidades e limitações. Ouça sempre a sua voz interior poi ela fala dos seus sonhos e capacidades.


Cultive as relações
Os relacionamentos são uma fonte de amor, experiência e apoio. Cultivar as relações interpessoais tornam a vida mais completa. Afaste-se de relações tóxicas e construa relacionamentos saudáveis, nos quais se sinta valorizado, preparado e aceite.


Aproveite o momento
Aproveite. Saboreie e esteja aberto a pequenos gestos que tornam cada dia especial e ajudam a focar no presente. Seja grato pelo que tem e aproveite.


Organize o seu espaço
Organize o local onde vive, onde trabalha ou onde passa a maior parte do seu tempo, de forma a representar os seus desejos e necessidades. Deve ser organizado, arrumado e confortável.


Inclua o sorriso na sua rotina
O som das risadas anima o espírito, o corpo e as pessoas que nos rodeiam.


Pratique exercício físico
O exercício físico demonstrou ser uma das melhores ferramentas para nos ajudar a recuperar o equilíbrio psicológico, melhorar o humor e a autoestima.


Mime-se
Dê a si mesmo algo prazeroso.


Experimente o silêncio
Permanecer em silêncio, por alguns minutos, é útil para aquietar a mente do caos quotidiano.


Mantenha um diário
Escrever permite processar e expressar sentimentos e pensamentos que, de outra forma, seriam difíceis de verbalizar.


Concentre-se no que faz
Apreciar o que faz é muito importante. Se não estiver satisfeito com o que sente, pense em mudar algo na sua vida.


Levante os olhos
Dedique um momento para não fazer nada. Olhe ao redor e ao longe. Observe a natureza, a paisagem ou o horizonte. Para encontrar novos horizontes é preciso sair da rotina e estar recetivo ao mundo.

Psicoterapia

Iniciar uma psicoterapia também representa um modo de cuidar de si mesmo. Convém lembrar que, embora possamos ser ajudados para esse início, a mudança vem da própria pessoa.
Falar sobre como nos sentimos pode diminuir o stress e potenciar o bem-estar.
No entanto, é preciso assumir a responsabilidade das próprias ações, insucessos e sucessos, e iniciar a mudança de foco, de modo a que a sua prioridade seja você.

 

“A felicidade não é exuberante nem agitada, como o prazer e a alegria. É silenciosa, tranquila, suave. É um estado interno de satisfação que começa com o amor por si mesmo.”

Isabel Allende

 

 

 


Desenvolvido por INTERACTIVE.com - info@interactive.com
info@psico-online.net
2001 Todos os direitos reservados